Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Unidades do Sistema Prisional Alagoano Colônia Agroindustrial São Leonardo

Colônia Agroindustrial São Leonardo

semi

 

Os reeduccandos em regime semiaberto e aberto hoje cumprem pena em prisão domiciliar devido à interdição da Colônia Agroindustrial São Leonardo. Através dos convênios mantidos entre a SERIS e instituições publicas e privadas, o sistema prisional busca reinserir esses reeducandos no mercado de trabalho, e auxilia o retorno ao convívio social. Uma parte dos apenados prestam serviço remunerado em empresas e órgãos públicos como: CASAL, DER, BBA NORDESTE, FAPEAL, CEPAL, DPAL, SERIS, SEDETUR, CBMAL, FERPLAS, IMA, SEMUDH, SSP, PGM/MACEIÓ dentre outros. Os reeducandos são selecionados pela gerência geral da unidade, passando por uma avaliação social e psicológica. Trabalham sob a fiscalização de agentes penitenciários e com o acompanhamento de uma psicóloga e uma assistente social. Em 2016, Alagoas inseriu no mercado de trabalho mais 500 reeducando a partir da formalização de convênios e acordos de cooperação.

 

Chefe da Colônia Agroindustrial São Leonardo: Geraldo Farias de Omena

Subchefe da Colônia Agroindustrial São Leonardo: Flávio Lopes Monteiro

 

Endereço: Complexo Penitenciário de Maceió, BR-104, km 01, Maceió -Alagoas

Telefones: 3315.8468 (Administração)

Email: ccasl@seris.al.gov.br

Horário de funcionamento administrativo: 8 às 17h

Ações do documento