Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2021 02 - FEVEREIRO Após dois meses de inauguração, Escritório Social busca fortalecer rede de parceiros
10/02/2021 - 08h28m

Após dois meses de inauguração, Escritório Social busca fortalecer rede de parceiros

Oferta de cursos e apoio social e psicológico são alguns dos mecanismos de reinserção do egresso à sociedade

Após dois meses de inauguração, Escritório Social busca fortalecer rede de parceiros

Egressos do sistema prisional alagoano têm acesso a uma série de serviços com o Escritório Social

Mayara Wasty

Uma rede é formada por um entrelaço de fios, sejam reais ou imaginários. Para se realizar o trabalho proposto pelo Escritório Social, ferramenta destinada a atender as demandas dos egressos do sistema prisional, é preciso que esta rede esteja fortalecida. Inaugurado há dois meses, o Escritório Social tem feito este trabalho junto com entidades públicas e privadas, buscando a inclusão social de quem deixou o cárcere.

A Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) integra o tripé da iniciativa, que conta também com o Tribunal de Justiça de Alagoas e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), seguindo as diretrizes do Programa Justiça Presente, desenvolvido em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

“O Escritório Social está na fase de fortalecimento da rede de apoio por meio de entidades públicas e privadas. Recentemente, tivemos uma reunião com a Secretaria de Educação no sentido de disponibilizar vagas para o EJA, para que seja dada a oportunidade de retorno aos estudos”, destaca a chefe de Reintegração Social da Seris, tenente PM Jackeline Leandro, gestora do projeto em Alagoas.

“Além disso, estamos dialogando com o Centro Universitário Cesmac para disponibilizarmos atendimentos nas clínicas de saúde, não só para o conveniado, mas para toda a família do egresso”, completa a gestora, afirmando que muitos parceiros já sinalizaram positivamente para o início das atividades.

Psicóloga do programa, Blandina Mota explica a dinâmica das atividades iniciais. “Quando chega ao Escritório Social, o egresso participa de uma triagem cujo  objetivo é identificar todas as suas demandas, para que possamos de fato reintegrá-lo à sociedade, e isso inclui a busca por emprego, qualificação profissional, cursos profissionalizantes, entre outros aspectos”, conta a profissional.

Além das psicólogas, o Escritório Social conta com uma equipe de atendimento multidisciplinar composta por assistentes sociais e advogados. “O egresso é sempre atendido por esta equipe, que trabalha para construir o que chamamos de projeto de singularização”, esclarece a assistente social Raquel Mesquita.

“É por meio deste projeto que conhecemos a situação de cada egresso, entendendo a história de vida dele. A partir desta compreensão, realizamos os devidos encaminhamentos, como o retorno à escola, o acesso a cursos de informática e qualificação profissional, entre outros. E também assistimos essas pessoas quanto a questões civis, a exemplo da parte documental”, emenda a assistente social.

O Escritório Social está localizado na Rua Dr. Alfredo Oiticica, nº 1322, bairro Farol, em Maceió, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Para entrar em contato com o Escritório, basta ligar para o número (82) 3315-1744 ou (82) 98833-8843 ou escrever um e-mail para escritoriosocialal@gmail.com.

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

banner e-ouv
banner-eouv-plone

banner-transparencia.jpg

banner_formulario

portal_do_servidor

 banner-depen