Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2020 11 - NOVEMBRO Profissionais da Seris recebem capacitação do Depen sobre projeto Prisões Livres de Tuberculose
10/11/2020 - 13h50m

Profissionais da Seris recebem capacitação do Depen sobre projeto Prisões Livres de Tuberculose

Oficina regional ocorreu de forma virtual e apresentou estratégias de ação para trabalho nos presídios

Profissionais da Seris recebem capacitação do Depen sobre projeto Prisões Livres de Tuberculose

Videoconferência sobre prevenção, diagnóstico e tratamento da tuberculose ocorreu na Escola de Administração Penitenciária. (Foto: Jorge Santos).

Mayara Wasty

A Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris), por meio de parceria com o Departamento Penitenciário Nacional e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), segue desenvolvendo estratégias para combater a tuberculose no sistema prisional. Nesta terça-feira (10), servidores da Seris participaram da oficina regional referente ao projeto Prisões Livres de Tuberculose. Por meio deste projeto, profissionais de saúde, policiais penais, reeducandos e seus familiares recebem orientações sobre a doença, como a forma de contágio, sintomas e tratamento.

A oficina ocorreu em forma de videoconferência e teve como objetivo apresentar os materiais e as estratégias da campanha de educação em saúde, fomentada pelo projeto Prisões Livres de Tuberculose, vigente desde 2017. Em Alagoas, além desta parceria, a Seris também executa diversas ações com vistas à prevenção, como a busca ativa da doença nas unidades prisionais.

Rhannily Vasconcelos, apoiadora do projeto ligada ao Depen, explica que o trabalho é contínuo. “Um dos principais objetivos do projeto é promover a educação e a saúde. Então, cada público vai receber nosso material contento informações sobre a doença”, explicou Vasconcelos, referindo-se ao material didático recebido pela Seris e também disponibilizado a todas as unidades federativas.

“Como no ambiente prisional, principalmente para as pessoas privadas de liberdade, a chance de contrair a tuberculose é 34 vezes maior do que entre a pessoas em liberdade. Portanto, a informação é de suma importância especialmente para este público. A conscientização é fundamental tanto para os reeducandos, quanto para os policiais penais”, completou Vasconcelos.

Para a gerente de Saúde da Seris, policial penal Danielah Lopes, treinamentos como o ofertado pelo Depen são importantes porque permitem o alinhamento das ações no âmbito do sistema prisional. “O bom da capacitação é que as pessoas se atualizam sobre a doença, tornando-se multiplicadores da correta informação. Por meio das oficinas nas quais usamos o material do Depen, discutimos e desenvolvemos estratégias para aperfeiçoar o nosso trabalho. É uma ação contínua com os profissionais de saúde, policiais penais, reeducandos e familiares”, afirmou a gestora.

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

banner e-ouv
banner-eouv-plone

banner-transparencia.jpg

banner_formulario

portal_do_servidor

 banner-depen