Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2020 02 - Fevereiro Reeducandos do sistema prisional receberão atendimento de Fraternidade Espírita
12/02/2020 - 13h05m

Reeducandos do sistema prisional receberão atendimento de Fraternidade Espírita

Visitas acontecerão aos sábados; liberdade de credo e culto é garantida constitucionalmente

Reeducandos do sistema prisional receberão atendimento de Fraternidade Espírita

Reunião na sede da secretaria definiu detalhes de visitas a reeducandos (Foto: Mayara Wasty)

Mayara Wasty 

A prestação de assistência religiosa é assegurada pela Constituição Federal. No sistema penitenciário, a Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) dispõe de uma Coordenação de Assistência Religiosa que orienta o acesso de instituições às unidades prisionais. Nesta terça-feira (11), o secretário da Ressocialização e Inclusão Social, coronel PM Marcos Sérgio de Freitas, reuniu-se com representantes da Fraternidade Espírita Deus Conosco para discutir a participação do grupo nos presídios. 

Apesar do amplo trabalho já desenvolvido pela Seris, em parceria com outras instituições, esta é a primeira vez que uma atividade com base na doutrina espírita será desenvolvido formalmente no sistema prisional. “Alagoas atende as diretrizes da Lei de Execução Penal no que tange a oferta de assistência religiosa aos reeducandos, abrangendo todas as matrizes. Todas as instituições são bem vindas para levar a palavra de Deus aos reeducandos reclusos na unidades prisionais”, explicou o gestor, coronel PM Marcos Sérgio de Freitas. 

Já a coordenadora geral da Fraternidade Espírita, Maria Milhomes, destacou a receptividade da gestão prisional ao projeto a ser implementado já nos próximos dias. “A gente quer, por meio da palavra de Deus, modificar sentimentos. A gente não quer levar religião, mas sim, sentimento de religiosidade, fraternidade e solidariedade para as pessoas elevarem seus sentimentos e mostrar que todos somos irmãos”, afirmou a coordenadora, referindo-se ao trabalho que será realizado nos presídios, beneficiando também os servidores do sistema. “Queremos levar o amor, a solidariedade, o lado da paz, da serenidade que a gente encontra no evangelho de Jesus”, completou a vice-coordenadora, Mayra Bezerra. 

Coordenação de Assistência Religiosa 

Todas as instituições religiosas são acolhidas no sistema prisional alagoano, desde que estejam aptas a desenvolver os trabalhos assistenciais nos presídios. Os interessados devem procurar a Coordenação de Assistência Religiosa, setor da Seris responsável por orientar e receber a documentação referente ao cadastro das instituições religiosas e dos seus representantes. 

Após a entrega dos documentos, seguida do cumprimento dos requisitos necessários, conforme a legislação vigente, a solicitação é encaminhada à Chefia Especial de Gestão Penitenciária para aprovação. Com o deferimento do pedido, a Coordenação de Assistência Religiosa realiza o cadastro e comunica ao representante da organização religiosa que ele pode iniciar os serviços de assistência voluntária.

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

banner e-ouv
banner-eouv-plone

banner-transparencia.jpg

banner_formulario

portal_do_servidor

 banner-depen