Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2019 12 - DEZEMBRO Grupamento da Seris recebe homenagem da Polícia Militar
20/12/2019 - 09h00m

Grupamento da Seris recebe homenagem da Polícia Militar

Gerit é o primeiro órgão externo à PM a ter trabalho reconhecido pelo Programa de Valorização Institucional

Grupamento da Seris recebe homenagem da Polícia Militar

Comandante da Academia da PM, coronel Carlos Luna entregou placa ao secretário-executivo de Gestão Interna da Seris, tenente-coronel Marcos Henrique do Carmo

Texto de Maysa Cavalcante

Os policiais penais que compõe o Grupo Especial de Remoção e Intervenção Tática (Gerit) da Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) participaram, nesta quinta-feira (19), de uma homenagem realizada pela Polícia Militar de Alagoas em reconhecimento ao trabalho desenvolvido na segurança do sistema prisional. A ação faz parte do Programa de Valorização Institucional, que tem por finalidade homenagear as unidades e subunidades independentes da PM.

Vinte policiais penais participaram da cerimônia, que ocorreu na Academia da Polícia Militar Senador Arnon de Mello, no Trapiche da Barra, em Maceió. Os servidores foram recepcionados pelo comandante da academia, coronel PM Carlos Luna, que esteve à frente do sistema prisional por quatro anos. Durante a cerimônia, Luna destacou que o Gerit é o primeiro órgão externo à PM a ser homenageado.

“Somente quem já trabalhou no sistema prisional entende a complexidade o trabalho, o risco e a entrega desses homens e mulheres a uma causa tão delicada quanto a guarda de presos. Queremos, com esta cerimônia, dar visibilidade às pessoas que exercem ofício tão importante para a sociedade e que, muitas vezes, não recebem o devido reconhecimento”, disse o comandante.

“O secretário da Ressocialização, coronel Marcos Sérgio, destaca-se por sua capacidade de buscar sempre o melhor, fato que se reflete nos resultados alcançados no sistema prisional alagoano, conhecido como um dos mais seguros do país”, emendou Luna.

O secretário executivo de Gestão Interna da Seris, tenente-coronel PM Marcos Henrique do Carmo, por sua vez, também fez uso da palavra e elogiou o empenho dos policiais penais na guarda das unidades.

“Temos investido na aquisição e contratação de equipamentos eletrônicos que contribuam com a manutenção da ordem no complexo penitenciário. Porém, é por meio da dedicação dos nossos bravos servidores e do investimento contínuo em capacitação profissional que, hoje, hoje podemos afirmar que o Gerit está apto ao pronto-emprego no sistema prisional, realizando, quando necessário, qualquer tipo de intervenção”, afirmou o militar que, na oportunidade, representou o titular da Seris, coronel PM Marcos Sérgio de Freitas.

Quem também marcou presença à solenidade foi o gerente do Comando de Operações Especiais (COP), capitão PM Cleitiano Ferro, e o chefe do Gerit, o policial penal Manoel Messias, que, na ocasião, agradeceu ao comando da academia de polícia pela justa homenagem. “Sinto-me lisonjeado em participar de um momento como este, pois reconheço na Polícia Militar uma instituição irmã, que contribuiu significaticamente para uma das maiores conquistas da nossa categoria, que foi a criação da Polícia Penal. Quero reiterar o nosso compromisso em atuar na defesa da sociedade, trabalhando sempre em conjunto com as as outras instituições que compõe a segurança pública em Alagoas”, destacou o policial penal.

Gerit

O trabalho do grupo teve início em 2006, quando os primeiros agentes penitenciários de Alagoas foram aprovados em concurso público. Na época, a equipe era conhecida como Grupo de Escolta e Remoção (GER) e contava com o apoio de policiais civis. Em 2009, após os policiais retornarem ao quadro da Polícia Civil, os agentes penitenciários assumiram em definitivo a missão de resguardar a segurança do sistema prisional de Alagoas.

Após reformulação no ano de 2015, o GER passou a se chamar Grupo Especial de Remoção e Intervenção Tática (Gerit). Com a mudança, os policiais penais passaram por novas capacitações na área de intervenção prisional e segurança, tornando-se referência na realização de procedimentos como escolta e transferência, além do controle de motins nas unidades.

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

banner e-ouv
banner-eouv-plone

banner-transparencia.jpg

banner_formulario

portal_do_servidor

 banner-depen