Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2019 10 - OUTUBRO Seris recebe 360 pistolas e reforça controle do sistema prisional
02/11/2019 - 08h15m

Seris recebe 360 pistolas e reforça controle do sistema prisional

Investimento vai permitir ao agente penitenciário acautelar arma de uso pessoal e já testada durante instrução nessa sexta-feira

Seris recebe 360 pistolas e reforça controle do sistema prisional

Texto de Bruno Soriano

Reconhecer a importância do agente penitenciário e seguir como referência no controle das unidades prisionais. É com este objetivo que a Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) vem adquirindo cada vez mais equipamentos de ponta e, com eles, dotando o servidor de todas as condições necessárias para um trabalho de excelência em Alagoas.

Nessa sexta-feira (1º), a Seris iniciou a distribuição de 360 novas armas adquiridas com recursos do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen). Todas as pistolas, de calibre .40, foram testadas em um estande de tiro localizado no complexo Benedito Bentes, parte alta de Maceió, onde os agentes também receberam informações valiosas sobre o novo modelo da fabricante Taurus.

O exercício de tiro foi supervisionado pelo chefe da Central de Monitoramento Eletrônico de Presos (CMEP) da Seris, o capitão PM Alucham Fonseca. Na ocasião, ele recepcionou o instrutor Danilo Haggstrom, que veio à capital alagoana especialmente para a atividade. Aos presentes, o representante da Taurus fez questão de destacar a eficiência do armamento.

“Esta arma foi desenvolvida especialmente para órgãos de segurança e sob um novo protocolo de testes, já que seu desempenho é superior. A tecnologia evoluiu, e com a arma de fogo não seria diferente. Alagoas, portanto, está de parabéns. Ganha não apenas o agente penitenciário, que, seguramente, vai se sentir mais confiante, mas também a sociedade como um todo”, disse o instrutor.

Stênio Antônio de Lima é sub-chefe do Gerit, o Grupo Especial de Remoção e Intervenção Tática da Seris. Ele também participou dos testes e aprovou a aquisição. “O agente penitenciário precisa estar sempre respaldado, em razão, principalmente, da peculiaridade do seu ofício. Estas armas vão aperfeiçoar o trabalho de pronto-emprego, fortalecendo não apenas o nosso grupamento. E elas chegam em quantidade suficiente para a cautela individual, o que é muito importante para a categoria”, analisou Antônio.

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

banner e-ouv
banner-eouv-plone

banner-transparencia.jpg

banner_formulario

portal_do_servidor

 banner-depen