Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2019 03 - MARÇO Seris desenvolve ações preventivas para promover a saúde nos presídios
28/03/2019 - 17h39m

Seris desenvolve ações preventivas para promover a saúde nos presídios

Atividades ocorrem periodicamente e visam detectar e tratar doenças

Seris desenvolve ações preventivas para promover a saúde nos presídios

Atenção à saúde do reeducando é uma das prioridades da gestão do sistema prisional (Foto: Jorge Santos)

Mayara Wasty

O acesso a mecanismos que visem à promoção da saúde é um direito de todos os cidadãos. No sistema prisional, é um dos pilares adotados pela Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris), através da Gerência de Saúde, para fortalecer o processo de reintegração social dos reeducandos. As ações ocorrem periodicamente e de maneira contínua, como medida preventiva e proativa.

Entre as atividades estão as buscas ativas, ação que investiga a existência de casos de doenças nos apenados, bem como a realização de testes rápidos. A medida visa identificar patologias nos reeducandos e proporcionar tratamento adequado para manter o controle e garantir a não proliferação de doenças no complexo penitenciário.

Semanalmente, amostras são colhidas e encaminhadas a laboratório para análise. Normalmente as coletas são feitas em relação a tuberculose devido a especificidade da população em questão, como destaca a biomédica da Seris, Fábia Marques Luz.

“As atividades de coleta fazem parte da rotina de atuação da gerência de Saúde. Quando identificamos algum caso, o paciente é devidamente tratado para evitar a proliferação e comprometer a saúde dos demais reeducandos e servidores”, contou a biomédica.

A gerente de saúde, tenente PM Jackeline da Silva, explica a importância das ações e a atuação do Estado em casos específicos. “Alagoas cumpre fielmente o protocolo para tratamento de tuberculose em ambiente carcerário, conforme portaria interministerial nº 1, de 2 de janeiro de 2014, que institui a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade no Sistema Prisional”, afirma.

O gestor da Seris, coronel PM Marcos Sérgio de Freitas, destaca que as atividades desenvolvidas pelos profissionais de saúde são essenciais para evitar surtos. “A busca ativa é uma das diretrizes estabelecidas pelo Governo do Estado para manter o controle de doenças no sistema prisional, bem como ofertar tratamento de forma eficiente, quando necessário. Essa proatividade é fundamental para estabelecimentos prisionais pelo número de pessoas agrupadas em um mesmo espaço”, disse.

Além das ações referentes a saúde, outras atividades são desenvolvidas, como a limpeza periódica das unidades prisionais. 

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

banner e-ouv
banner-eouv-plone

banner-transparencia.jpg

banner_formulario

portal_do_servidor