Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2019 01 - Janeiro Equipe multidisciplinar orienta reeducandos para trabalhar com dignidade
08/01/2019 - 15h46m

Equipe multidisciplinar orienta reeducandos para trabalhar com dignidade

Em Alagoas, 38 convênios firmados pela Seris oportunizam emprego e um futuro promissor para mais de 700 egressos dos presídios

Equipe multidisciplinar orienta reeducandos para trabalhar com dignidade

Servidoras penitenciárias atendem em média 80 apenados mensalmente (Foto: Jorge Santos)

Mayara Wasty

A oportunidade de trabalhar após sair do cárcere é uma realidade em Alagoas. Através das parcerias firmadas pela Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) com órgãos públicos e empresas privadas, mais de 700 reeducandos dos regimes semiaberto e aberto estão empregados nos 38 convênios vigentes em Alagoas. Além de empregá-los, há um trabalho psicossocial que atende mensalmente 80 apenados inseridos nos conveniados.

A assistente social do setor de Reintegração Social da Seris Patrícia dos Santos é uma das responsáveis por traçar o perfil psicossocial dos egressos antes de encaminhá-los para o ambiente de trabalho. Após cumprir a pena no regime fechado, a Chefia do Semiaberto que faz o encaminhado dos apenados para Reintegração Social traçar o seu perfil que envolve sua conduta nos âmbitos familiar, profissional e criminal.

“No perfil checamos se o apenado tem filhos, mora de aluguel, recebe benefício social, analisamos as experiências de trabalho, seu nível de conhecimento profissional, crime cometido e o que motivou, quanto tempo ficou privado de liberdade e como foi o cumprimento da pena. Assim, sabemos onde ele terá aptidão para trabalhar, facilitando a adaptação no convênio e fomentando boas práticas no meio profissional”, revela a assistente social.

Após o encaminhamento ao convênio, é realizado o acompanhamento mensal, como explica a psicóloga da Reintegração Social, Sttefany Moreira. “Após traçar o perfil psicológico e encaminharmos para o convênio, acompanhamos, a evolução no trabalho, através dos encontros psicossociais. Essas iniciativas são importantes efetivar a ressocialização através do trabalho digno”, afirma Moreira.

O atendimento do setor ocorre de segunda a quinta-feira, das 8h às 17h e nas sextas-feiras, das 8h às 14h.

 

Plantão social

“Plantão psicológico: ressignificando o humano na experiência da escuta e acolhimento”, esse é o nome do projeto que disponibiliza atendimento psicológico emergencial ou de crise e de suporte emocional aos reeducandos dos regimes semiaberto e aberto, além de seus familiares.

Para receber o atendimento, é necessário realizar o agendamento entre segunda a sexta-feira, na Subsede da Seris, onde funciona a Reintegração Social, localizada na Av. Fernandes Lima, nº 1322, em frente ao elevado do Centro de Estudos e Pesquisas Aplicadas (Cepa). Os atendimentos acontecem nas quintas-feiras, das 13h às 17h.

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

banner e-ouv
banner-eouv-plone

banner-transparencia.jpg

banner_formulario

portal_do_servidor