Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2018 11 NOVEMBRO Projeto Lêberdade incentiva a leitura dentro do presídio
29/11/2018 - 11h20m

Projeto Lêberdade incentiva a leitura dentro do presídio

Reeducandas ampliam conhecimento, desenvolvem consciência crítica e têm a pena remida por meio da leitura

Projeto Lêberdade incentiva a leitura dentro do presídio

Seris estimula a leitura no cárcere e amplia horizontes das reeducandas (Foto: Jorge Santos)

Maysa Cavalcante

Desde 2017, as internas do Presídio Santa Luzia ganharam a oportunidade de trilhar um novo caminho através do leitura. Fruto de uma parceria entre as Secretarias da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) e da Educação (Seduc) com o Poder Judiciário, nasceu o projeto Lêberdade. A ação  propõe a remição da pena por meio da leitura de livros, levando em conta os diferentes níveis de escolaridade das apenadas.

As apenadas que aderirem voluntariamente a proposta devem ler um livro por mês e apresentar uma resenha crítica ou relatório da obra lida. A cada livro e resenha crítica aprovadas pela equipe multidisciplinar, são remidos quatro dias na pena, podendo diminuir até 48 dias da pena por ano. Em 2018, as custodiadas participantes do projeto elaboraram cerca de 340 trabalhos. Ao todo, já foram concluídos oito ciclos do projeto.

De acordo com a supervisora de Educação da Seris, agente penitenciária Genizete Tavares, as mudanças provocadas pelo fomento da educação e a facilitação do acesso à leitura já podem ser sentidas no convívio das internas. "Com o brilho no olhar delas notamos a gratidão por participar do Lêberdade. Temos uma equipe empenhada em ofertar o conhecimento com responsabilidade", comentou Tavares.

A interna Vagna Ferreira falou sobre o incentivo a leitura no cárcere."Toda mulher que entra no Presídio Santa Luzia recebe a oportunidade de ler, de estudar, de participar do projeto lêberdade. Algumas pessoas não tinham noção do que era ler um livro até chegar aqui. Com o carinho dos professores somos incentivadas a ler. Mudamos nossa visão, foi plantado um sentimento bom, quando sair daqui, vou continuar os estudos", finalizou.

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

banner e-ouv
banner-eouv-plone

banner-transparencia.jpg

banner_formulario

portal_do_servidor