Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2018 05 - MAIO Agentes penitenciárias fazem inspeção no Presídio Santa Luzia
28/05/2018 - 08h48m

Agentes penitenciárias fazem inspeção no Presídio Santa Luzia

Ação visa assegurar a manutenção da ordem e disciplina, além de promover a defesa da dignidade das mulheres no cárcere

Agentes penitenciárias fazem inspeção no Presídio Santa Luzia

Alagoas cumpre política de atenção à mulher presa. (Foto: Jorge Santos).

Texto de Maysa Cavalcante

Alagoas é referência em gestão prisional com unidades seguras e organizadas. Visando assegurar a manutenção da ordem e disciplina, sob a diretiva do titular da Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris), coronel Marcos Sérgio de Freitas, as agentes penitenciárias desencadearam uma inspeção no Presídio Feminino Santa Luzia (PSFL), na última semana.

Após participarem de um curso intensivo sobre os novos procedimentos operacionais, as agentes colocaram todo o conhecimento em prática no PSFL. Durante a operação, não foram localizados materiais ilícitos na unidade, como entorpecentes, armas brancas ou aparelhos telefônicos. Entretanto, anotações que contribuirão com os trabalhos do Serviço de Inteligência da Seris.

O chefe especial de Unidades Penitenciárias, agente penitenciário Milton Pereira, lembra que as ações da Seris ocorrem dentro da legalidade, obedecendo aquilo que preconiza os Direitos Humanos, sem descuidar da segurança. "As ações preventivas e contínuas desempenhadas pelos agentes, colocam Alagoas como destaque no cenário prisional nacional", enaltece Pereira.

O Presídio Santa Luzia é uma das poucas unidades do País que cumprem a Política de Atenção às Mulheres em Situação de Privação de Liberdade e Egressas do Sistema Prisional. Há três anos em execução, não foram registradas fugas na unidade. Segundo a chefe da unidade, agente Geórgia Hilário, os bons resultados refletem o compromisso da gestão alagoana.

"As agentes atuam mantendo um diálogo de respeito com as reeducandas. Na unidade ocorrem atendimentos psicossociais e aulas. Além disso, diariamente é feito um planejamento com revistas nas celas. Em caso de transgressões da ordem, é aberto um Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD). Desta forma conciliamos a ordem com o respeito aos direitos das sentenciadas".

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

banner e-ouv
banner-eouv-plone

banner-transparencia.jpg

banner_formulario

portal_do_servidor