Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2017 09 - SETEMBRO Seris realiza visita em instituições que recebem cumpridores de medidas alternativas
04/09/2017 - 08h50m

Seris realiza visita em instituições que recebem cumpridores de medidas alternativas

Conselho Tutelar de Quebrangulo fortalece vínculo com beneficiários através do Núcleo de Acompanhamento de Alternativas Penais

Seris realiza visita em instituições que recebem cumpridores de medidas alternativas

Equipe multidisciplinar da Seris coordena trabalho para reverter penas alternativas em benefícios para a sociedade. (Foto: Jorge Santos).

Texto de Maysa Cavalcante
 
 
Durante a 7ª edição do Governo Presente, concluída nesse sábado (2), a Secretaria de Estado da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) promoveu encontros especiais no Vale do Paraíba. Em Quebrangulo, por exemplo, a equipe multidisciplinar do Núcleo de Acompanhamento de Alternativas Penais visitou o Conselho Tutelar para acompanhar os serviços prestados pelos beneficiários e planejar novas ações.
 
“Durante o encontro analisamos o serviço que eles realizam no Conselho Tutelar, como foram recebidos e como são tratados. Desta forma fortalecemos o vínculo com os beneficiários e levamos serviços de qualidade para as instituições. Além disso, doamos botijões de gás para instituições beneficentes”, destacou o chefe do Núcleo de Alternativas Penais, major Josinaldo Anízio.
 
As penas alternativas são destinadas aos delitos de pequeno e médio potenciais ofensivos. Nesses casos, o juiz pode aplicar uma pena de prestação de serviço à comunidade e/ou prestação pecuniária, que serão revertidas em favor de uma das 112 entidades assistenciais sem fins lucrativos cadastradas na rede de parceiros do Núcleo, envolvendo hospitais, creches e escolas.
 
Em Alagoas, mais de 3.700 pessoas têm a oportunidade de reparar erros cometidos e prestar serviço para sociedade por meio das penas e medidas alternativas. Os beneficiários recebem acompanhamento social, jurídico e psicológico dos profissionais da Seris. Com a aplicação efetiva de penas e medidas alternativas, o encarceramento é reservado apenas para os criminosos de maior potencial ofensivo.
 
As instituições sem fins lucrativos, interessadas em firmar parceria com o Núcleo de Acompanhamento de Alternativas Penais, devem comparecer até o setor da Seris, localizado no Fórum do Barro Duro, sala 207, munidos do CPF e RG, para fazer a solicitação. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: 4009-3545.
Ações do documento