Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2017 09 - SETEMBRO Reeducandos concluem limpeza do Polo de Marechal Deodoro
05/09/2017 - 08h40m

Reeducandos concluem limpeza do Polo de Marechal Deodoro

Egressos também participaram recentemente das ações de ajuda aos atingidos pelas fortes chuvas no município

Reeducandos concluem limpeza do Polo de Marechal Deodoro

Reeducandos receberam o certificado de reconhecimento em razão dos trabalhos desenvolvidos no Polo de Marechal Deodoro. (Foto: Ascom/Seris)

 Texto de Mayara Wasty

 
O trabalho desenvolvido pelo projeto ‘Uma nova história’, da Gerência de Reintegração Social da Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) tem impactado positivamente não só os egressos, mas, também, a sociedade.
 
Após concluir os trabalhos de limpeza e manutenção da área verde do Polo de Marechal Deodoro, em agosto, os reeducandos receberão, nesta quarta-feira (6), o certificado de reconhecimento em razão dos trabalhos desenvolvidos.
 
A agente penitenciária e gerente de Reintegração Social e Alternativas Penais da Seris, Shirley Araújo, explica que, recentemente, a equipe já havia atuado em Marechal Deodoro durante o período das cheias, auxiliando no socorro às vítimas e na restauração dos danos ao município. Cerca de 25 reeducandos trabalharam nas ações. Contando com os colaboradores, mais de 50 pessoas estiveram envolvidas indiretamente nos serviços.
 
“A Prefeitura [de Marechal Deodoro] solicitou a parceria para que fosse realizada a limpeza das margens das vias do Polo. O trabalho foi tão produtivo que alguns empresários já manifestaram interesse em formalizar parcerias. Faremos uma cerimônia para entregar os certificados de agradecimento para o reeducandos. Isso é uma forma de proporcionar um reconhecimento do trabalho que eles vêm desenvolvendo em prol da sociedade”, disse a gestora.
 
Por meio do projeto ‘Uma Nova História’, iniciado em 2016, são realizados serviços de manutenção, restauração e limpeza em órgãos públicos. Desde o início da atuação, os reeducandos já beneficiaram instituições como Secretarias da Saúde, da Agricultura, da Mulher e dos Direitos Humanos, além de limpeza de escolas municipais e estaduais, universidades públicas e comunidades, a exemplo da Grota do Pau D’Arco.
Ações do documento