Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2017 08 - AGOSTO Acesso aos direitos civis é legitimado no sistema prisional alagoano
11/08/2017 - 09h45m

Acesso aos direitos civis é legitimado no sistema prisional alagoano

Parceria entre o Balcão Cidadão da Seris e Delegacia Interativa da Polícia Civil assegura emissão de boletins de ocorrência

Acesso aos direitos civis é legitimado no sistema prisional alagoano

Somente em 2016 foram emitidos mais de mil documentos de identificação no sistema prisional

Texto de Maysa Cavalcante

A Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) deu início a mais uma importante parceria para beneficiar os reeducandos do sistema prisional alagoano. Nesta semana, os servidores da Delegacia Interativa da Polícia Civil passaram a viabilizar boletins de ocorrência para os custodiados que necessitam da 2ª via de documentos civis.

A documentação é providenciada pelo setor Balcão Cidadão da Ressocialização, medida que garante o acesso à cidadania e promove a reintegração social. Somente em 2016, a equipe multidisciplinar do setor viabilizou mais de mil documentos, como Carteira de Identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF), registros de paternidade, dentre outros.

O gerente da Delegacia Interativa, Robson da Costa, esteve no Complexo Penitenciário para atender aos custodiados. Na maioria dos casos, os apenados solicitaram o boletim de ocorrência para ter acesso a 2ª via do certificado de reservista.

Robson da Costa, fala sobre a importância da parceria com a Secretaria da Ressocialização. "Os órgãos devem trabalhar de forma integrada, vencendo possíveis dificuldades que apareçam. Nosso banco de dados facilita a pesquisa da identificação correta dos reeducandos", ressalta.

A assistente social da Seris, Michelle Santiago, lembra que o trabalho do Balcão Cidadão promove a dignidade no cumprimento das penas. "Muitos custodiados chegam ao sistema prisional sem os documentos civis, essenciais para ter acesso aos direitos previstos em lei. Com o apoio da Polícia Civil conseguimos sanar esses entraves", conclui.

Ações do documento