Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2017 06 JUNHO Agentes penitenciários detêm visitante que tentava entrar com drogas na Casa de Custódia
16/06/2017 - 09h31m

Agentes penitenciários detêm visitante que tentava entrar com drogas na Casa de Custódia

Experiência dos profissionais da unidade frustraram tentativa em flagrante de mulher que foi conduzida para delegacia

 Texto de Victor Costa

 
Mais um dia de visitas no Complexo Penitenciário foi assegurado dentro da ordem e disciplina, graças à experiência e perspicácia dos agentes penitenciários. Neste domingo (11), a visitante Luana Larissa dos Santos Gomes, 23 anos, foi detida em flagrante durante o procedimento de revista na Casa de Custódia da Capital (Cadeião). O material apreendido que seria entregue ao seu esposo, o reeducando Anderson Domingos dos Santos, estava introduzido em seus órgãos genitais.
 
Logo após ser detida, a equipe do Grupamento de Escolta, Remoção e Intervenção Tática (Gerit) foi acionada para conduzir a visitante até a Central de Flagrantes da Polícia Civil, onde foi feito o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Luana Gomes deverá responder por tráfico de drogas, podendo ser encaminhada para o Presídio Feminino Santa Luzia. Já o reeducando Anderson Domingos dos Santos responderá a um Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) com a possibilidade de ser transferido para outro presídio.
 
O secretário da Ressocialiação e Inclusão Social, Marcos Sérgio, enalteceu a atuação dos agentes penitenciários para intervir diante de qualquer atitude suspeita. "Infelizmente existem visitantes que tentam burlar a fiscalização para entrar com ilícitos nos presídios. Entretanto, os agentes penitenciários estão cada vez mais qualificados e prontos para fazer as intervenções e assegurar o cumprimento da Lei de Execuções Penais. Hoje foi mais uma prova disso", salienta o secretário.
 
Fiscalização permanente
Neste domingo (11), na área externa do Casa de Custódia da Capital, os agentes penitenciários encontraram maconha em tubos deixados por visitantes. Após receber as coordenadas da equipe do Centro de Monitoramento Eletrônico (CMEP), que monitora 24h por dia toda a movimentação no Complexo Penitenciário, os agentes localizaram e recolheram o material ilícito. As imagens estão sendo analisadas para identificar os responsáveis pelos entorpecentes e, posteriormente, encaminhá-los para que a Justiça tome as devidas providências.
Ações do documento