Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2017 02 - FEVEREIRO Ressocialização e Igreja Universal planejam ampliar atenção religiosa nos presídios
14/02/2017 - 08h26m

Ressocialização e Igreja Universal planejam ampliar atenção religiosa nos presídios

Instituição atua há 14 anos nos presídios do Estado; trabalho ressocializador desenvolvido pela Seris é reconhecido por pastores

Ressocialização e Igreja Universal planejam ampliar atenção religiosa nos presídios

Ações religiosas desenvolvidas no sistema prisional levam conforto para apenados, visitantes e servidores. (Foto: Sarah Brandão).

 Mayara Wasty

 
Nesta segunda-feira (13), o Secretário da Ressocialização e Inclusão Social, tenente-coronel PM Marcos Sérgio de Freitas, recebeu representantes da Igreja Universal do Reino de Deus para discutir a atuação e ampliação das políticas assistencialistas desenvolvidas pela instituição nas unidades prisionais do Estado.
 
Em Alagoas, diversas instituições religiosas desenvolvem trabalhos assistencialistas nos presídios. A Igreja Universal do Reino de Deus está presente nas unidades prisionais alagoanas há 14 anos. Através de visitas e palestras, que acontecem diariamente, cerca de 50 pessoas levam palavras de conforto e incentivo aos apenados, visitantes e servidores penitenciários.
 
O Secretário de Ressocialização e Inclusão Social, tenente-coronel Marcos Sérgio destaca a importância da religião e do trabalho desenvolvido pela instituição. “A Igreja Universal tem desempenhado um importante trabalho nos presídios. Isso demonstra muita fé, caráter e responsabilidade no mister religioso”, afirma o gestor.
 
Para o Bispo Arnaldo Lanzeloti, responsável pelas relações institucionais da Igreja Universal em Alagoas, a recepção do secretário de Ressocialização e dos servidores penitenciário é fundamental para o desenvolvimento das ações da igreja. 
 
“Nós vemos a vontade do secretário em nos ajudar para que também possamos ajudar. Não é apenas o trabalho da igreja, nos unimos para ver o próximo ter uma vida melhor. Tendo a força da secretaria e dos servidores, nós podemos, não somente ajudar com a parte material, mas também conforto espiritual”, disse.
 
Nereu Amorim, pastor responsável pelas missões nos presídios do Estado, afirma que a atuação do Estado tem facilitado o trabalho evangelizador nos presídios. “Aqui temos gestores competentes que estão voltadas para o trabalho de ressocialização e tem nos dado muito apoio”, explicou.
 
Celebração especial - Visando fortalecer os laços com a Seris, a Igreja Universal realizará, no dia 26 de fevereiro, a partir das 9 horas, na sede da igreja, no bairro de Mangabeiras, uma grande celebração como foco na renovação das esperanças e fé daqueles que estão encarcerados.
Ações do documento