Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2017 02 - FEVEREIRO Agentes aperfeiçoam técnicas para fortalecer segurança em presídios
15/02/2017 - 15h28m

Agentes aperfeiçoam técnicas para fortalecer segurança em presídios

Encerramento do Estágio de Nivelamento em Operações Penitenciárias ocorre nesta quarta-feira (15)

Agentes aperfeiçoam técnicas para fortalecer segurança em presídios

Texto de Victor Costa

Intensidade, disciplina e determinação para fortalecer a segurança no cárcere. Mais 24 agentes penitenciários concluíram com êxito o segundo estágio de Nivelamento de Operações Penitenciárias (Nopen) do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e estão disseminando o conhecimento adquirido nos presídios alagoanos.

Nesta quarta-feira (15), a partir das 9h, na Academia da Polícia Militar Senador Arnon de Mello, os concluintes receberão os certificados de conclusão do curso das mãos do secretário da Ressocialização e Inclusão Social, tenente-coronel PM Marcos Sérgio de Freitas. Em setembro de 2016, outros 40 agentes penitenciários do Grupamento de Escolta, Remoção e Intervenção Tática (Gerit) também aperfeiçoaram suas técnicas com o Nopen.

O estágio ocorreu entre os dias 30 de janeiro e 3 de fevereiro. A iniciativa foi possível graças à parceria da Escola Penitenciária com o Bope.

A agente penitenciária Acácia Cantoario está sempre buscando aperfeiçoar suas técnicas operacionais por meio dos cursos pela Ressocialização. Para ela, o incentivo do Estado é importante para valorização e incentivo do servidor penitenciário que atua diariamente para promover a reintegração social. “O treinamento é fundamental para padronização das técnicas de trabalho, salvaguardando a ordem e disciplina nos presídios”, destaca.

O secretário Marcos Sérgio destaca o empenho dos agentes que participaram do estágio e a parceria com o Bope para oportunizar novas técnicas de escolta, remoção, intervenção tática. “Os policiais passaram por testes de resistência, devido ao desgaste físico e emocional natural do nivelamento e venceram seus limites. Por isso, parabenizo todos os agentes penitenciários e agradeço ainda ao Bope pela parceria”, finaliza.

Ações do documento